Projeto de Intervenção “Impacto da literacia em saúde na prevalência de hábitos aditivos nos adolescentes: álcool, tabaco e internet”, no ensino secundário do AESPS

Três médicas de formação específica em Medicina Geral e Familiar do ACeS Dão Lafões - Dra. Andreia Lasca, ex-aluna da nossa escola, Dra. Inês Laia e Dra. Raquel Santos - implementaram o Projeto de Intervenção “Impacto da literacia em saúde na prevalência de hábitos aditivos nos adolescentes: álcool, tabaco e internet”, nas turmas do ensino secundário do nosso Agrupamento de Escolas.

O objetivo principal do projeto consistiu na avaliação do impacto da educação e literacia em saúde a nível dos hábitos aditivos, nos adolescentes, de álcool, tabaco e internet. Para isso, num primeiro momento, foi aplicado um inquérito, em anonimato, a que se seguiu uma sessão educativa, de esclarecimento, sobre os temas referidos e, por fim, foi aplicado um segundo inquérito, também em anonimato, 3 meses pós-sessão educativa. Foi efetuado o estudo estatístico das respostas dadas aos dois inquéritos, sendo já conhecidos os resultados do primeiro inquérito.

As respostas obtidas, no segundo inquérito, irão avaliar o impacto da literacia adquirida, decorrente da sessão educativa realizada, esperando-se que tenha impacto na mudança dos hábitos aditivos analisados, refletindo-se numa diminuição da sua prevalência. Apresentam-se, de seguida, alguns gráficos relativos a repostas dadas no primeiro inquérito e cujos dados merecem uma reflexão atenta por parte de todos! Disponibilizamos, também, as apresentações e links de acesso a vídeos, que foram explorados durante as sessões educativas.

Nome
Apresentação- Uso execessivo da internet
Apresentação-consumo de tabaco
Apresentação-consumo de álcool na adolescência

fotocapa

Segundo o Referencial de Educação para a Saúde, resultante de uma parceria entre a Direção-Geral da Educação e a Direção-Geral de Saúde, o Projeto PES “Promoção e Educação para a Saúde” tem como objetivos educar para um estilo de vida saudável e promover comportamentos responsáveis em diversas áreas temáticas:

·        Saúde Mental e Prevenção da Violência

·        Educação Alimentar e atividade Física

·        Comportamentos Aditivos e Dependências

·        Afetos e Educação para a Sexualidade

Uma Escola Promotora da Saúde cria condições para a participação dos alunos e, ao mesmo tempo, estimula a colaboração de parceiros locais. Neste sentido, no nosso agrupamento, além dos recursos internos, como o Serviço de Psicologia e Orientação (SPO), a equipa do Projeto PES e a equipa multidisciplinar de apoio à Educação Inclusiva (EMAEI),  estão envolvidos a equipa de Saúde Escolar da Unidade de Cuidados na Comunidade,  de São Pedro do Sul, a autarquia, a GNR e outras entidades locais que gentilmente se vão associando como, por exemplo, a Óptica Médica Santa Bárbara, S. Pedro do Sul,  que, no passado dia 12 de dezembro, realizou um rastreio aos alunos das cinco turmas do 7º ano. 


Atividades já desenvolvidas:

Dia da Alimentação

Palestra “Distúrbios Alimentares” dirigida aos alunos do 7º e 8º anos

Rastreio óptico aos alunos do 7º ano  pela Óptica Santa Bárbara

Palestra sobre “Toxicodependência” para os 8ºanos pela GNR

Palestra sobre “Segurança Rodoviária” para os 9º anos pela GNR


Caminhada pela Vida - Viseu 6 de abril


Jornal da Escola - edição do 2º período